Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Conseg Capela do Socorro realiza sua primeira reunião ordinária após reativação
4  SETEMBRO  2012 

Conseg Capela do Socorro realiza sua primeira reunião ordinária após reativação

No dia 27 de agosto aconteceu a primeira reunião ordinária do Conseg Capelado Socorro. O encontro com a comunidade ocorreu na Igreja Imaculada Conceição, no Jardim Suzana. Entre os assuntos da pauta do dia estavam à apresentação da Diretoria do Conseg às demais autoridades presentes; ratificação da homenagem póstuma feita ao Sr. João Adão da Silva em 30.07, para registro nos anais do Conseg; encaminhamento das tratativas para mudança da sede da 2ª. Cia do 27º. Batalhão da Polícia Militar; considerações sobre o aumento do efetivo da Polícia Militar na Região, etc.

Além da comunidade estiveram presentes na reunião diversas autoridades, dentre elas o Dr. Altair, Delegado Titular do 102 DP; o Tenente Menezes, Comandante da 2ª Companhia; Coronel Romano, do 27º Batalhão; Sr. Raines Muller, Vice-Consul Geral da Alemanha; Burkhard Paul Ost, Diretor Alemão do Colégio Humboldt e Everton Augustin, Diretor Brasileiro do Colégio Humboldt. 

De acordo com o Presidente do Conseg Capela do Socorro, Luis Henrique Ferreira, a missão do Conseg é multiplicar o contato entre a comunidade e perseverar a presença nas reuniões. "Esta é a primeira reunião ordinária que estamos fazendo este ano, é muito importante que nas próximas reuniões vocês estejam aqui etragam suas reivindicações, os relatórios dos problemas e das soluções", destacou ele.  

O Presidente do Conseg também ressaltou que nesta fase de reestruturação eles estão precisando de voluntários. "Estamos com o Conseg reativado faz 15 dias, e um ofício da coordenadoria permitiu que esta reunião fosse oficial. Nós estamos precisando muito de voluntários para engrossar as fileiras do nosso trabalho. Nós estamos desenvolvendo uma proposta e vamos apresentar na próxima reunião, no que diz respeito à estrutura organizacional, onde vamos buscar o voluntariado e a formação de um corpo de estagiários que irá nos ajudar a desenvolver propostas de termos estratégicos que irão envolver uma  série de possibilidades de colaboração com a Polícia".     

O Presidente chamou o Diretor do Colégio Humboldt, Everton Augustin, para relatar as ocorrências que o Colégio sofreu nos últimos dias. "Infelizmente nós tivemos algumas situações indesejadas, algumas já vinham ocorrendo em anos anteriores. Estou falando de assaltos à mão armada. Entre os dias 15 e 20 deste mês nós tivemos dois assaltos em frente ao Colégio, e eu diria que graças à ação rápida das pessoas que estavam ali, de forma correta, sem expor ninguém ao risco de um tiroteio, e também a intervenção rápida da Polícia Militar no momento em que ela foi avisada, não tivemos situações piores. O que nós estamos pleiteando para esta região que tem 18 escolas entre privadas e públicas municipais e estaduais, é a presença constante da Polícia nesta área. Toda vez que nós requisitamos nós somos atendidos, eu não sei como está a estrutura da Polícia Militar nesta região, mas com certeza deve ser um desejo do nosso conselho, e um desejo da população que essa presença seja mais constante e até de forma ostensiva", destacou Everton. 

Após a colocação da diretoria do Humboldt, o Tenente Coronel Romano, do 27º Batalhão que foi designado há dois meses para assumir o posto falou sobre o policiamento na região. "Fui designado para enfrentar alguns problemas que assolam a nossa sociedade e a primeira das preocupações nossas no comando do 27º Batalhão foi essa região de Veleiros, de modo que desde que assumi o comando do batalhão até a data de hoje há uma preocupação constante no combate a criminalidade na região de Veleiros. Estejam certos que trabalhamos quase 24h do dia preocupados com esta região e tenho aumentado o efetivo, aumentado o número de viaturas e intensificado o policiamento. 

Recentemente nós pedimos o apoio do comando de patrulhamento de choque da nossa área. Temos patrulhado essa região com viaturas de rota, viaturas do COI, com cachorros e cavalaria, e as viaturas de trânsito também tem sido convidadas para estar em nossa área e intensificar o policiamento, para que juntos nós possamos propiciar mais segurança a comunidade e cumprir a nossa missão primeira que é proteger pessoas". 

O Coronel Romano citou alguns problemas recorrentes na região, como na Avenida Atlântica onde ocorrem muitos acidentes de trânsito que acabam tirando as viaturas do patrulhamento. "Um acidente de trânsito em que há a necessidade da perícia, por exemplo, eu tenho que empenhar  duas viaturas para ficar preservando o local até a chegada da perícia e isso às vezes leva horas". Romano também falou sobre a redução nos índices de criminalidade da região e finalizou dizendo que está à disposição da população. "Eu queria dizer que não precisa haver este momento de Conseg para que a comunidade nos traga a demanda, ouvimos a comunidade tantas quantas forem às demandas e os pedidos, e faremos o melhor para atender os senhores, vá nos visitar em nossas Companhias ou no Batalhão, que estaremos à disposição de todos 24h".  

Ao retomar a palavra Luis Henrique falou sobre a possibilidade da mudança da sede da 2ª Cia do 27º Batalhão. "Nós temos aqui o compromisso de apoiar as autoridades na mudança da sede da 2ª Companhia. Esta é uma pauta estratégica importantíssima para todos. Nós estamos trabalhando algumas opções permanentemente e as perspectivas são concretas, mas continua em aberto a possibilidade de sugestão de algum imóvel aqui na região da Vila Friburgo, Jardim Suzana e demais regiões da nossa circunscrição, se alguém tiver alguma ideia boa nos apresente. Nós temos as características do imóvel desejado pela Companhia e a gente circula essa informação para quem tiver interesse. Nós estamos trabalhando a prospecção de um imóvel. Estamos bastante otimistas com os desdobramentos dessas tratativas. Eu não vou me adiantar aqui a respeito de detalhes porque é uma questão ainda preliminar, mas como consta da nossa pauta e é um compromisso do nosso Conseg gostaria de deixar registrado que as tratativas estão andando". 

Ante de finalizar a reunião, o Presidente do Conseg levantou a possibilidade da Zona Sul ter um posto avançado do IML para agilizar a remoção de vitimas fatais das vias públicas, o que contribuiria para reduzir o tempo em que as viaturas de policiamento ficam presas neste tipo de ocorrências.  

Eventos

Palestra "Estratégias e Soluções para a gestão das PMEs", 13/06/19

13/06/2019

Circuito de Negócios AESUL - 30/05/19

30/05/2019

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria