Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Inaugurada Ciclovia Rio Pinheiros
31  DEZEMBRO  1969 

Inaugurada Ciclovia Rio Pinheiros

Faixa que liga as estações Jurubatuba e Vila Olímpia tem 14 quilômetros de extensão e proporciona, além de lazer, mais uma alternativa para fugir do trânsito

No último sábado, 27 de fevereiro, a CPTM - Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, inaugurou  o primeiro trecho da Ciclovia Rio Pinheiros, implantada ao longo de 14 quilômetros da Linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú). A pista liga as proximidades da estação Autódromo à Vila Olímpia. A previsão é de que até o final deste ano outros seis quilômetros de ciclovia sejam entregues, chegando até a estação Villa Lobos/Jaguaré, com um total de 20 quilômetros de extensão.

Neste primeiro trecho de ciclovia, os ciclistas têm dois acessos: o acesso sul, pela avenida Miguel Yunes, próximo à ponte Jurubatuba, entre as estações Jurubatuba e Autódromo; e o acesso pela passarela da EMAE - Empresa Metropolitana de Águas e Energia, junto à estação Vila Olímpia. O trecho estará aberto à circulação diariamente, das 6h às 18h.

No acesso pela Avenida Miguel Yunes, a Ciclovia tem um estacionamento para 48 automóveis para os ciclistas que forem até o local de carro. Outra novidade são os dois Pontos de Apoio ao ciclista, disponíveis no acesso sul, próximo à estação Jurubatuba, e no acesso da estação Vila Olímpia. Os "Pontos" contam com banheiros, ambulatório e espaços para troca de pneus e manutenção das bikes. Há também um ponto de descanso próximo à estação Santo Amaro, que conta com banheiros químicos e bancada para reparo das bikes.

Para que o trecho pudesse receber os ciclistas com segurança, foi feita a recuperação da pista, vedação de 12 quilômetros de faixa ferroviária em gradil, e de proteção de 14 quilômetros junto à margem do rio, além da implantação de comunicação visual nesse primeiro trecho entregue à população.

A Linha 9-Esmeralda conta com cinco bicicletários, que juntos oferecem 1.032 vagas para acomodação de bicicletas: Vila Olímpia (94 vagas), Jurubatuba (261 vagas), Autódromo (264 vagas), Primavera-Interlagos (226 vagas) e Grajaú (187 vagas).

Diversas autoridades estiveram presentes na inauguração, dentre elas, o Governador José Serra, o Prefeito Gilberto Kassab, o Ex-Presidente  Fernando Henrique Cardoso, o secretário dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella;  a primeira dama, Mônica Serra; o Presidente da CPTM, Sérgio Avelleda; os secretários municipais Walter Feldman, Alexandre de Moraes e Eduardo Jorge; além de vereadores e muitos ciclistas.
 
"Inauguramos hoje 14 quilômetros de ciclovia aqui no Rio Pinheiros. E até o fim do ano serão 20 quilômetros de ciclovia de primeira classe como vocês podem ver. O que vai representar um aumento no uso da bicicleta, e de maneira segura na cidade de São Paulo",  afirma o Governador José Serra.
 
O Prefeito Gilberto Kassab falou sobre a importância da implantação deste projeto para a cidade de São Paulo e parabenizou o Governador.  "No início da gestão José Serra na Prefeitura de São Paulo, há cinco anos, não tínhamos quase nada de ciclovias e zero de ciclofaixa na cidade. Hoje esta inauguração é um enorme avanço. Em março do próximo ano serão mais de 100 quilômetros de ciclovia, além da ciclofaixa que está sendo rapidamente ampliada. Parabéns ao governador pela iniciativa, sei que expresso os meus sentimentos e de todos os brasileiros que moram aqui em São Paulo".

Durante a inauguração alguns ciclistas reclamaram da falta de acessos, porém, segundo Serra esse problema será brevemente sanado, pois a segunda fase da obra, que tem previsão de início no segundo semestre, contempla a implantação de passarelas para acesso à ciclovia.  “Temos a perspectiva de completar deste lado mais seis quilômetros até o fim deste ano e, a longo prazo, nós teremos 25 deste lado e 25 do outro lado porque estamos já ultimando o projeto para isso. Ou seja, aqui na Marginal Pinheiros nós teremos 50 quilômetros no futuro. O importante é o começo e já começamos bem. Como disse aqui o Portella já têm engatilhado duas outras entradas que vão ser feitas por empresas privadas de maneira a facilitar o acesso e a saída”.

Com mais este trecho de ciclovia inaugurado, São Paulo passa a ter uma malha cicloviária de 36,8 km, totalizando uma expansão de 24,8 km de pista nos últimos três anos: 10 km na Radial Leste e 14,8 km na Marginal do Rio Pinheiros.

A partir da entrega final do trecho restante da Radial Leste, prevista para março, de 2,2 km, a capital atingirá um total de 39 km de ciclovias, dos quais 27 km realizados na atual gestão. Também estão em obras, e deverão ser entregues até o final deste ano, mais 25 km de ciclovias na região da Zona Leste da capital, correspondentes à primeira fase do parque Várzeas do Tietê. O trecho vai da Barragem da Penha até a divisa do município de São Paulo com Itaquaquecetuba.

A Ciclovia Rio Pinheiros está inserida no projeto Parque Linear Pinheiros, que será implantado pela EMAE, e ocupará as margens do Rio Pinheiros, transformando toda a área em um grande parque linear urbano, a exemplo do que está acontecendo nas várzeas do Tietê. O Parque contará com diversos equipamentos de esporte e lazer, áreas de recreação, além de prédios de apoio aos usuários, com banheiros e lanchonetes.

O projeto inclui a construção de passarelas, que vão conectar as duas margens do rio e áreas ao longo da marginal, garantindo um maior número de acessos à população. As passarelas vão permitir ainda a integração com os parques já existentes na região, como o Villa-Lobos e o Parque do Povo. O Parque deverá ser implantado em parceria com a prefeitura da capital, empresas privadas ou organizações sociais.

{{GaleriaFotos}}

Voltar

Eventos

Rodada de Negócios AESUL - 24/08/18

24/08/2018

Liderança e Gestão Eficazes: Todos Motivados e Envolvidos!

16/08/2018

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria