Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Noite de festa e muitas homenagens marcam o lançamento do Livro Cruz de Sangue
14  DEZEMBRO  2011 

Noite de festa e muitas homenagens marcam o lançamento do Livro Cruz de Sangue

O coquetel de lançamento do livro Cruz de Sangue – Sobreviventes da Guerrilha Urbana, ocorrido no dia 02 de dezembro, na Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, foi uma noite de festa. Para compor a mesa e render as homenagens aos sobreviventes da guerrilha urbana que tiveram suas histórias retratadas no livro, ao lado do autor, Alexandre Oliver, estava o Cabo Wilson de Oliveira Morais, Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo; Coronel da Reserva, José Roberto Carvalho; Olair Dionizio,Administrador da Colônia de Férias dos Cabos e Soldados de Itanhaem; Professor Benjamin Ribeiro da Silva, Presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo e o Deputado Major Olímpio Gomes.   

Para o autor, Alexandre Oliver, uma das melhores passagens de sua vida sobre o livro foi conhecer o Presidente da Associação dos Policiais Militares Deficientes Físicos do Estado de São Paulo, Jeferson Patriota. “Ao telefone com o policial militar o Jeferson dava os seguintes conselhos: você quer ser matar porque está endividado? Você tem saúde, não tem nenhum problema físico. Se eu for nesta linha de raciocínio o que faço da minha vida? Eu perco centímetros de pele por ano, sou cadeirante, não gozo de boa saúde, enfim, você quer trocar de lugar comigo? Meu amigo, você não tem problema nenhum, veja a minha situação e mesmo assim estou aqui todo feliz, você não tem motivo nenhum para acabar com sua vida. Naquele momento, após alguns segundos de silêncio eu percebi que do outro lado da linha tinha um policial chorando, e então ele encerrou com chave de ouro e disse: venha aqui na Associação, quero sentir o seu abraço e te dar um abraço. Moral da história: eu estou num dos melhores momentos da minha vida, mas eu também estava com alguns problemas. Eu sou empresário, fui policial e por coincidência naquela época, eu estava com muitas faturas atrasadas, e veja senhores que presente de Deus eu ganhei que vale mais do que qualquer fortuna. Eu sai daquele dia enriquecido de sabedoria, que lição de fraternidade. O Jeferson, in memorian, é o meu ídolo, meu super herói esteja sempre com Deus. A polícia Militar tem isso e muito mais. Parabéns policiais militares”.

O sucesso do lançamento foi tão grande que o Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Wilson de Oliveira Morais, fez um convite: “ficamos felizes vendo este lançamento, a Associação não fez nada, apenas cedeu o espaço para o meu amigo Oliver,então você está de parabéns, conte com a Associação de Cabos e Soldados. Hoje, a Associação é a maior do mundo no gênero, nós estamos com 60 mil Policiais Militares associados, 240 mil dependentes, num universo que envolve 300 mil pessoas nesta Associação, e nós temos 27 regionais nas principais cidades do interior, então pensamos em conversar com o Oliver e sugerir para ele fazer o lançamento em todas as regionais, que ficam à sua disposição. A Associação de Cabos e Soldados está de braços abertos. Parabéns, por ser o homem e o empreendedor que você é”. 

O Coronel da Reserva, José Roberto Carvalho, em seu discurso falou sobre o sentimento de companheirismo que existe dentro da corporação, e do carinho que sente por Alexandre Oliver. “Eu sou muito grato por poder participar desse momento, porque o meu sentimento pelo Oliver é o sentimento de um pai por um filho”.

De acordo com Olair Dionizio, foi um prazer e uma alegria muito grande estar no lançamento. Ele também ressaltou a excelente ideia de lançar o livro na Associação. “Eu tive a oportunidade de conhecê-lo há algum tempo e falei para você naquela ocasião sobre a felicidade de ver um policial militar, ex-colega nosso, ter essa ideia de lançar esse livro, que vem coroar a realidade que nós vivemos na Polícia Militar. Quero parabenizá-lo, e que Deus te ilumine a cada dia, porque onde você escolheu para fazer o lançamento do seu livro? Na casa que foi sua e que hoje ainda continua sendo. Quero parabenizá-lo por esse evento, parabenizar toda sua equipe de trabalho e os convidados e também desejar a você sucesso e felicidade”. 

O Professor Benjamin Ribeiro da Silva falou sobre a falta de reconhecimento de três importantes setores que são as bases da sociedade. “Quero ressaltar a importância de se homenagear o soldado da Polícia Militar. Nós vivemos num país que infelizmente não reconhece três bases primordiais que é habitação, saúde e segurança. O nosso soldado, o nosso profissional da saúde e os nossos professores não são reconhecidos, os governantes estão muito mais preocupados em fazer antes grandes obras e depois investir em pessoas. Você está fazendo uma homenagem muito bonita porque a gente sabe da importância e da seriedade dessa corporação e que realmente acaba não tendo o reconhecimento dentro do poder público, tanto o policial militar, quanto o professor e o profissional da saúde, então parabéns pela sua iniciativa você que é um grande empreendedor, ter feito essa homenagem a esse pessoal, heróis anônimos, que acabam oferecendo sua vida para tentar melhorar um pouquinho a segurança das pessoas de bem”.

Para o Deputado Major Olímpio Gomes “é um grande orgulho e uma enorme satisfação estar na casa que representa os anseios, a dor e a luta da base da corporação Polícia Militar. Ele ainda completa:“o quanto é bom à sociedade se lembrar dos seus guerreiros que realmente defendem a sociedade. Quero dizer ao Oliver que estou orgulhoso de estar aqui. Esta semana em duas ocasiões divulguei esse lançamento pela TV Assembleia, pois acho muito importante que o mundo tome conhecimento de como acontecem verdadeiramente as coisas com os nossos heróis, e você mostra com toda propriedade no trabalho, que diferentemente das guerras convencionais onde as pessoas estão com uniformes, na guerrilha urbana, na nossa guerra urbana de todo dia, o policial tem que enfrentar pessoas marginais, e inimigos criminosos que estão se ocultando na própria comunidade, daí a dificuldade do combate. Obrigado de verdade, esse trabalho vai permitir que milhares e milhares de pessoas, formadoras de opinião, possam aprender que a grandeza dos nossos profissionais é muito maior”.

Cruz de Sangue é um livro que prende a atenção ao mostrar narrativas de fatos reais de policiais que tiveram suas vidas modificadas pelas atrocidades da profissão e que através da fé e auto superação conseguiram vencer buscando novos horizontes. 

Dinâmico, forte e com traços de espiritualidade, o livro traz 26 relatos de policiais em seu dia a dia de trabalho, que movidos pelo dever cívico e pela adrenalina de enfrentar a criminalidade, colocaram em risco a própria vida. Cruz de Sangue é uma obra que retrata a realidade das ruas que grande parte da sociedade desconhece. 

Nas histórias da vida real contadas em Cruz de Sangue, são muitas as lições de vida passadas por àqueles que superaram a tragédia de serem baleados em serviço, mas souberam recomeçar, muitas vezes distantes da família e das pessoas que julgavam serem seus amigos.  

Policial Militar por quase 20 anos, o autor de Cruz de Sangue, Alexandre Oliver, conhece bem a realidade das ruas. O relato inicial do livro é do próprio escritor que em um contraponto descreve duas situações vividas por ele: uma de morte e outra de vida. A morte de um bombeiro que foi baleado e morreu em seus braços e a vida de uma criança que ele trouxe ao mundo ao ajudar uma mulher em trabalho de parto.

Por tudo que vivenciou enquanto estava na corporação Alexandre Oliver decidiu homenagear seus parceiros com o livro Cruz de Sangue. “O Policial Militar não é uma máquina do Estado, mas muitas pessoas os enxergam desta forma, elas não entendem suas necessidades, principalmente depois de um confronto. A responsabilidade do trabalho ocupa mais tempo na vida de um policial do que a família, e esse trabalho nem ao menos é reconhecido, ele é tratado como uma máquina mesmo, então este livro é uma forma que eu encontrei de homenagear e imortalizar esses heróis”, ressalta Alexandre Oliver.  

Ficha Técnica - Cruz de Sangue – Sobreviventes da Guerrilha Urbana
Autor: Alexandre Oliver G. Pompeu
Editora: Edições Inteligentes
ISBN: 978-85-7615-214-9
Páginas: 108
Gênero: Policial
Valor: R$ 30,00 

Mais informações sobre o livro Cruz de Sangue através o site  www.cruzdesangue.com.br

Eventos

Palestra "50 anos em 5: Multiplique seu patrimônio com ações" - 24/07/19

24/07/2019

Caldos & Negócios AESUL, 11/07/19

11/07/2019

Circuito de Negócios AESUL - 27/06/19

27/06/2019

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria