Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Palestra sobre mídias sociais reúne empresárias na Zona Sul
31  DEZEMBRO  1969 

Palestra sobre mídias sociais reúne empresárias na Zona Sul

Encontro exclusivo para mulheres reuniu 50 empreendedoras, que puderam obter informações, compartilhar problemas e buscar soluções conjuntas.

Caderno e caneta em mãos. Olhos e ouvidos atentos. Elas não perdem um detalhe da apresentação em andamento. Diferentes idades, experiências e histórias de vida. As 50 empresárias presentes na palestra “Descomplicando as redes sociais” no Sebrae-SP, em Santo Amaro, têm em comum a vontade de vencer as dificuldades e ver suas empresas prosperarem a cada dia, usando as redes sociais como ferramenta em prol deste objetivo.  

“A participação das mulheres à frente dos negócios vem crescendo constantemente. A ideia é nos encontrarmos, estarmos juntas hoje e em outras oportunidades, para falarmos das dificuldades de gerenciar um negócio e sobre as alternativas para solucionarmos os problemas”, disse Ana Carolina de Oliveira, gerente do Escritório Regional do Sebrae-SP na Zona Sul.  

A palestrante Ana Fontes, que possui uma rede de empreendedorismo com mais de sete mil mulheres participantes, comandou a palestra sobre mídias sociais, e explicou como elas podem colaborar na divulgação do negócio. “As pessoas vão às redes sociais falar o que não falariam pessoalmente. Dependendo do que disserem a seu respeito, pode ser uma grande divulgação ou um estrago enorme”, afirma.  

Redes como Facebook, Twitter e Linkedin, além divulgar o negócio, são úteis para pesquisar profissionais para uma seleção de emprego, o que, segundo Ana, muitas empresas já fazem, e também para conhecer um novo cliente com quem terá de se reunir. “É importante conhecer o perfil da pessoa antes de ir, saber com quem está lidando”, conta.  

Cecília Baruel saiu de uma consultoria internacional no final de 2011. Na sequência, decidiu abrir uma empresa que comercializa alimentos naturais para cães. Durante a palestra, perguntava, tirava suas dúvidas e, não raramente, soltava exclamações entusiasmadas devido a alguma informação nova. “Acredito no poder da rede social bem utilizada, isso é que faz a diferença. Quero fazer direito, não ser uma aventureira”, conta. “Vim à palestra para saber mais sobre estratégia e saí com muito mais”, completa. 

Cliente antiga do Sebrae-SP, Lucy Carvalho já fez diversas capacitações na entidade. Há dois anos ela tem um bazar e também monta bazares para outros clientes pelo Estado de São Paulo. Além de informação, ela conseguiu fechar uma parceria. “Esses encontros são importantes para trocar informações, interagir com mulheres nas mesmas dificuldades e poder encontrar pessoas com interesses em comum. Hoje, por exemplo, já consegui uma assessora de marketing aqui”, revela.  

Números 

Em 2005, 44% da população economicamente ativa paulista era composta por mulheres. Hoje esse número é de 45% e deve subir para 47% em 2015 e, em 2020, a previsão é a de que elas representem 49% do total. Entre os trabalhadores autônomos, as mulheres eram 36% em 2005, são 39% atualmente, em 2015 serão 47% e, em 2020, representarão 47% do total; 

Agenda 

O próximo encontro para mulheres empreendedoras acontece no dia 29 de março, às 18h30, com o tema “Mulher – Sensibilidade e Negócios”, em que serão abordadas a participação da mulher no contexto do trabalho, as características e o estilo de gestão, o equilíbrio de papéis e a importância de fazer escolhas.  

O evento acontece no Sebrae-SP, localizado na Avenida Adolfo Pinheiro, 712, em Santo Amaro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos números (11) 5522-0500 ou 0800 570 0800.  

Eventos

Circuito de Negócios AESUL - 30/05/19

30/05/2019

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria