Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Saúde em família
14  ABRIL  2011 

Saúde em família

*Por Sérgio Frank Carvalho

Muitas vezes pensamos em criança como sinônimo de alegria, brincadeira e energia! Esta visão foi se consolidando com o passar dos anos ao vê-las nas ruas interagindo com suas fantasias.

Infelizmente hoje nos deparamos com hábitos proporcionados pelas "facilidades" da sociedade moderna que distorcem esta bela visão que tínhamos até então! Neste novo cenário vislumbramos crianças repletas de guloseimas e inativas diante de aparelhos de TV. Esta ausência ou diminuição da atividade física propicia um fenômeno negativo que intitulamos de SEDENTARISMO.

O sedentarismo acarreta uma série de prejuízos à saúde como o aumento dos índices de obesidade e agravantes relacionados a lesões, diabetes e problemas cardíacos. Para evitar que nossas crianças sejam acometidas com estes males devemos primeiramente compreender a importância da atividade física nessa fase, que é primordial para o desenvolvimento de um ser humano saudável físico e mentalmente.

No contexto escolar destacamos a importância da Educação Física, onde se tem a oportunidade de desenvolver cada criança com suas particularidades respeitando sempre seu nível de maturação psicológica e física. Nestas aulas são proporcionadas oportunidades motoras por meio de jogos, danças, esportes, lutas e brincadeiras, todos estes estímulos têm o papel de promover o desenvolvimento motor básico, fazer com que a criança se integre, descubra e discuta sobre o mundo em que vive, entenda seu corpo e seus limites; melhore sua auto-estima, sua autoconfiança, melhore sua expressividade e em termos fisiológicos reduza as condições para o desenvolvimento de doenças crônicas ligadas ao sedentarismo.

O único problema é que os estímulos proporcionados pelas aulas de Educação Física por si só, não são suficientes para sanarem os problemas oriundos do SEDENTARISMO, sendo assim os pais ou responsáveis não devem "transferir" suas responsabilidades para a escola, o trabalho só funcionará se houver PARCERIA, por isto os pais ou responsáveis devem também incentivar a prática de atividades físicas em casa ou em passeios de finais de semana. Várias são as possibilidades de atividades físicas em casa!

Os pais ou responsáveis podem adotar momentos em sua rotina diária de interação com seus filhos, para que possam deixar de lado a TV, computador e o videogame e passem a experimentar as brincadeiras em família. Imaginem como deve ser prazeroso ensinar aos seus filhos as brincadeiras de sua infância! Ensine-os a brincar de "amarelinha", pular corda, brincar de bambolê ou de bola, brinque junto, dance, abrace e mostre seu amor a eles. Desta forma cuidará da saúde e fortalecerá os laços familiares.

*Sérgio Frank Carvalho é Graduado em Educação Física, Especialista em Educação Física Escolar, Especialista em Metodologia da Preparação Física Personalizada, Professor Mestre em Educação Física e Professor e Coordenador do Curso de Educação Física da Estácio SP

Eventos

Palestra "Estratégias e Soluções para a gestão das PMEs", 13/06/19

13/06/2019

Circuito de Negócios AESUL - 30/05/19

30/05/2019

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria