Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Sebrae-SP apresenta as três grandes vencedoras do Prêmio Mulher de Negócios
4  MARÇO  2013 

Sebrae-SP apresenta as três grandes vencedoras do Prêmio Mulher de Negócios

Duas empresárias da zona norte da Capital e uma de Jales, interior de São Paulo, vencem competição e disputam final nacional em março. Inovação e superação marcaram esta edição 

Dividido em três categorias, as vencedoras foram Elza Aguiar (Pequenos Negócios) e Gislaine de Fátima (Empreendedora Individual), ambas da zona norte da Capital, e Rosangela Mazonas Fonseca (Negócios Coletivos), da cidade de Jales, interior de São Paulo. 

"Na iniciativa privada ainda existe muita desigualdade. Hoje, a mulher ganha 20% a menos que os homens. Mas para as empreendedoras a história é outra, não existe limite para as oportunidades", disse o superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano. "Hoje, de cada cem empresas que abrem no Brasil 49 são iniciativa de mulheres. Estamos chegando a igualdade", continuou ele. 

Da zona norte da capital vem a campeã da categoria Pequenos Negócios. Elza Aguiar, da "Marinho Despachantes". Ela começou como ajudante e, hoje, é a sócia proprietária da empresa que conta com 198 colaboradores no bairro do Pari. Ela sempre tentou provar o valor da figura do profissional despachante e mostrar que ele não é um "quebra-galho". Conseguiu isso prestando assessoria aos clientes como avisar sobre documentos e datas importantes.

Porém, foi além: conquistou o objetivo ao mesmo tempo em que se destacava em um setor predominantemente masculino.    

"Esse é nosso reconhecimento. Ser uma pequena empresa no Brasil não é fácil, mas tenho a certeza que cumprimos um papel fundamental para o crescimento do país", disse a vencedora Elza Aguiar. Para a pequena empresária, que conta com quase cem mulheres na sua equipe, o toque feminino é um diferencial. "A mulher é por natureza mais perfeccionista e isso facilita a abordagem aos nossos clientes."   

Lucrar com um produto inovador e possibilitar que outros profissionais também ganhem dinheiro: este é o desafio da campeã da categoria Empreendedora Individual, Gislaine de Fátima. Ela criou um lavatório móvel para que cabeleireiros possam atender clientes em domicílio. Gislaine, do bairro da Cantareira, zona norte de São Paulo, deixou a atividade de cabeleireira para dedicar-se ao negócio que comanda sozinha. É ela quem recebe todos os pedidos, encomenda a produção e organiza as entregas, inclusive para o exterior. Além de vender para salões e profissionais autônomos, também aluga para eventos.   

"Meu produto é inovador e isso contribuiu para eu chegar ao prêmio", comentou Gislaine de Fátima. A vencedora da categoria Empreendedora Individual se diz perseverante e acha que o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é um incentivo para as mulheres. "Ele valoriza a mulher e nos faz acreditar que devemos continuar buscando nosso espaço", completou ela. 

A vencedora da categoria Negócios Coletivos, Rosângela Fonseca, da cidade de Jales, região de Votuporanga, entrou para Associação de Catadoras da cidade em 2010. Em dezembro do mesmo ano, transformou-a em Cooperativa para que pudessem criar e apresentar projetos para receber subsídios. Rosângela foi eleita a primeira presidente e, apesar de não ter nenhuma experiência em administração, organizou os negócios de forma a racionalizar a coleta, a seleção e a venda dos resíduos sólidos. A expectativa para este ano é de dobrar a coleta de resíduos sólidos recicláveis, que hoje chega a 60 toneladas por mês. 

"Quero expandir nosso negócio. Sair da cidade e passar a coletar na região. Sempre levando a nossa mensagem de preocupação com o meio ambiente", explicou Rosângela. Segundo a vencedora, receber o selo do Sebrae-SP é importante. "Agora, somos uma empresa com certificação." 

As vencedoras receberam troféu, certificado, selo de premiação e curso de gestão, além de irem a Brasília para disputarem, no dia 7 de março, a final nacional. Na ocasião, concorrerão a uma viagem internacional para um centro de empreendedorismo. O destino é definido após a vencedora ser conhecida, pois ele deve ter afinidade com a área de atuação da empresária.

Eventos

Palestra "Estratégias e Soluções para a gestão das PMEs", 13/06/19

13/06/2019

Circuito de Negócios AESUL - 30/05/19

30/05/2019

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria