Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Sebrae-SP orienta sobre empreendedorismo na Hair Brasil
4  ABRIL  2013 

Sebrae-SP orienta sobre empreendedorismo na Hair Brasil

Especialistas trazem tendências do setor e estimulam os empresários a transformarem o seu negócio e a terem mais lucro

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de São Paulo (Sebrae-SP) participa da Hair Brasil, maior evento de beleza da América Latina, de 6 à 9 de abril, no Expo Center Norte.

No primeiro dia acontecerá o 6º Seminário Sebrae para Micros e pequenos   empresários. Serão abordados temas atualizados e orientações essenciais para quem já atua e para quem quer entrar na área. As discussões serão sobre economia, tendências para negócios, como vender mais seu negócio de beleza e também como transformar seu salão em uma experiência inesquecível para o cliente. A inscrição é gratuita e podem ser feitas no site da feira (www.hairbrasil.com), no ícone seminário Sebrae.

 Durante todo o evento serão ministradas palestras e atendimento em diversas áreas, como administrativa, financeira, marketing e jurídica. Os empreendedores individuais (Eis) também terão espaço e receberão consultoria personalizada e sem custo.

 O salão Beleza Empreendedora é outro estande do Sebrae-SP que promete chamar atenção. Lá micros e pequenos empresários vão tirar dúvidas e pegar dicas de gestão enquanto fazem o cabelo, maquiagem e as unhas.

 “A necessidade de ter profissionais preparados para atuar é grande, e a concorrência cada vez mais acirrada. A capacitação continua sendo o grande diferencial”, ressalta Bruno Caetano, diretor-superintendente do Sebrae-SP. 

O segmento está entre os que mais crescem no Brasil. Levantamento da Associação Nacional do Comércio de Artigos de Higiene Pessoal e Beleza (Anabel) revela que em cinco anos o número de salões aumentou 78%. Os números são animadores, mas antes de abrir um salão o Sebrae-SP orienta que o futuro empreendedor conheça a fundo o mercado e  faça  um plano de negócio. “Questões importantes devem ser bem estudadas. É preciso determinar as características da atividade, planejar os produtos e serviços oferecidos, verificar a regulamentação e legislação da atividade e determinar o melhor modelo de negócio. Também é importante conversar com profissionais da área e participar de eventos e feiras do setor”, aconselha o diretor-superintendente. 

Eventos

Rodada de Negócios AESUL - 25/05/18

25/05/2018

Jogo "Inteligência da Comunicação"

22/05/2018

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria