Central de Notícias

Notícias Notícias AESUL

Fase Notícias

Por que disponibilizar a vacina contra gripe para seus colaboradores?
18  JUNHO  2015 

Por que disponibilizar a vacina contra gripe para seus colaboradores?

Sabemos que há um custo para promover a vacinação particular dentro da empresa e que nem sempre é possível apertar mais um pouquinho as contas para conseguir implantar esse benefício para os colaboradores, porém a importância da vacina para a produção no trabalho vem sendo comprovada a cada ano, por isso acreditamos ser importante conscientizar os nossos associados a respeito do assunto.

Para isso, a AESUL, em parceria com o Dr. Eduardo Mendonça, Diretor de Segurança do Trabalho da entidade e médico da Mepan Medicina e Engenharia do Trabalho, vem prestar este serviço de esclarecimento de dúvidas para os associados que ainda estão avaliando se disponibilizarão ou não a vacina contra a gripe para seus colaboradores.

“O investimento na vacina pode ser mais certeiro do que não optar por ela, pois o associado acaba tendo um retorno positivo caso seu colaborador fique imune à gripe, pois além de evitar que ele se contamine, ainda evita a contaminação dentro do ambiente de trabalho, já que a gripe é um vírus transmissível. A produtividade do colaborador também é preservada, ajudando a evitar custos adicionais e fora de planejamento, já que a gripe é responsável por altos níveis de absenteísmo no trabalho”, explica o Dr. Eduardo.

Custo do absenteísmo x Vacina da Gripe

Segundo algumas pesquisas, a vacina vem diminuindo o impacto do absenteísmo, ou seja, as pessoas que tomam a vacina tendem a faltar menos ao trabalho. A taxa de crescimento de absenteísmo na população não vacinada foi 2,5 vezes maior do que na população vacinada.

A Revista Brasileira de Epidemiologia traz um estudo que entre 446 entrevistados, 18,3% apresentaram quadros intensos de gripe e 12% acabaram sendo afastados do trabalho devido a gripe. Para entendermos como o absenteísmo gera custos que podem ultrapassar o investimento na vacina, vamos supor que uma empresa tenha 20 funcionários a um salário médio de R$ 1.400,00 (+ 90% encargos), e um índice de faltas por gripe de 12%, com afastamento de 5 dias. Uma conta rápida leva a um resultado incrível de quanto custa para a empresa por dia, ter 12% de absenteísmo: R$ 213,60. Veja como foi feito o cálculo:

53.200,00 (todos os salários + encargos) = 2.660,00 (custo mensal por funcionário)

                         20

      2.660,00      = R$ 89,00 (custo diário por funcionário)

 30 (dias do mês)

89,00 x 2,4 = R$ 213,60 (Custo Dia da Doença)

213,60 x 5 (média de dias afastados) = R$ 1.068,00

Sendo o custo hoje da vacina em torno de R$ 80,00 por trabalhador, e calculando-se o custo da doença, comparando-o ao da vacina, o empregador teria mais da metade das vacinas adquiridas sem custo para sua empresa. Outro ponto de vantagem aqui não mencionado é a diminuição do "presentismo", que nada mais é que a redução de produtividade do funcionário mesmo estando no trabalho, porém doente, pois a disposição é muito abalada pela doença.

Gripe e resfriado são a mesma doença ?

Não. A gripe é causada pelo vírus Influenza e provoca febre alta, dores pelo corpo que, frequentemente, deixam o indivíduo indisposto e de cama. A recuperação completa pode durar até uma semana e caso não seja tratada devidamente, pode agravar-se e até virar uma pneumonia, ou mesmo levar a óbito, em alguns casos mais raros.

O resfriado é causado por diversos outros tipos de vírus, e causa essa confusão porque tem sintomas parecidos com os da gripe, porém muito mais leves e com menor duração. Ele pode causar tosse, dor de garganta, dor no corpo, coriza, etc.

Vacina contra gripe imuniza contra resfriado ?

Não. A vacina contra a gripe imuniza somente contra os surtos de gripe e não contra resfriados.

Quando começa a fazer efeito a vacina contra a gripe ?

Os anticorpos começam a se formar em 15 dias e o processo está completo por volta de 30 dias.

A vacina contra gripe pode causar gripe?

Não. A vacina contra a gripe é uma vacina inativada, o que significa que os vírus estão mortos e fracionados, não podendo se reproduzir dentro do organismo das pessoas vacinadas; no entanto, podem produzir uma resposta imunológica protetora, o que é normal.

Por que algumas pessoas mesmo após se vacinarem ficam doentes ?

A vacina contra a gripe não protege dos resfriados e de outras infecções que também ocorrem no inverno e tem sintomatologia semelhante. Devemos estar atentos ao fato de que cerca de 10% dos indivíduos vacinados podem ter gripe, porém, de uma forma mais branda ou serem acometidos da doença antes do término do período de formação dos anticorpos (30 dias aproximadamente)

A gripe é contagiosa ?

A gripe é altamente contagiosa. Uma única pessoa pode contaminar todas as outras que trabalham no mesmo ambiente e que não foram vacinadas.

Quem não pode tomar a vacina contra a Gripe A (H1N1)?

Pessoas com doença febril aguda, pessoas com doença neurológica em atividade, ou aquelas com antecedentes de alergia grave a componentes do ovo, ao timerosal (Merthiolate®) e à neomicina. Nos casos de doença febril aguda, passada esta fase, a vacina poderá ser administrada normalmente.

Quem está grávida pode tomar a vacina contra a Gripe A (H1N1)?

Sim, devem ser vacinadas, independente da sua idade gestacional, porém recomenda-se aconselhamento prévio com o obstetra.

Eventos

Treinamento Mídias Sociais

01/08/2018

Workshop "O Líder na nova Economia"

24/07/2018

Mega Rodada de Negócios AESUL

20/07/2018

Vídeos

Assine nossa Newsletter

Galeria