skip to Main Content
Menu

Sucesso de público, o Churrasco com Negócios da AESUL reúne diversos empresários na sede da entidade

Foi realizado no dia 15 de maio o Churrasco Com Negócios na sede da AESUL – Associação Empresarial da Região Sul, com o objetivo de reunir associados e não associados para realização de contatos e negócios. O evento foi uma iniciativa do Diretor de Gastronomia da AESUL, Dario Pereira dos Santos, dono da SP Vinhos e da Chavetas & Cia. “Convidamos muitas empresas que tinham entrado em contato com a AESUL para nos conhecerem, muitas estiverem presentes e se filiaram em seguida. Foram mais de  100 pessoas, incluindo os Vereados Antônio Goulart e Ricardo Nunes e o Deputado Estadual Jorge Caruso. Foi tão bom que faremos novos encontros até o final do ano”.

Ao fazer um balanço do evento Dario disse que o feedback dos presentes foi ótimo. “O networking é uma ferramenta extremamente importante, especialmente entre os filiados, pois fortalece os negócios e dá mais força para a AESUL. Para a realização do encontro tivemos o apoio tanto da Diretoria Executiva como do Conselho Deliberativo, nas figuras dos Senhores Edivan Bezerra da Silva e Juarez Amaro, além das empresas associadas convidadas que expuseram os cases de sucesso. É muito importante agradecer o Espetinho Esperança, patrocinador do evento, bem como a Juma Brindes e a Degrau Publicidade que distribuíram brindes aos presentes, a Arbo Criativa pelo costumeiro apoio e a Star Light que fez a nossa segurança no dia do evento. Quero deixar um agradecimento especial também à equipe da Administração AESUL pelo apoio, fundamental para que o evento fosse o sucesso que foi”.

Na abertura do evento o Presidente Edivan agradeceu a iniciativa do Dário. “Muito obrigado, você foi muito importante para este evento acontecer, ele  é um presente da AESUL para todo associado fazer negócios. Precisamos parar de pensar somente em nós, vivemos numa sociedade, precisamos de dinheiro, então precisamos fazer negócios, e qual o principal papel da associação na região? Melhorar a vida dos empresários, e se este é o nosso principal objetivo o primeiro passo é fazer negócios entre nós, então precisamos conhecer as pessoas e esta é uma grande oportunidade”, ressalta Edivan que completa: “outro jeito de melhorar também a vida dos empresários é reivindicando melhorias junto ao poder público, e só tem um jeito de fazer isso: tendo força com a união dos empresários”.

Edivan convidou a Conselheira Graça Bomfim, diretora da empresa Jet House, para subir no palco e expor como utiliza as ferramentas da AESUL para fazer negócios. Ela contou que se associou há três com muita vontade e foi à luta. “Eu peguei o Anuário da entidade com quase 500 associados e visitei um por um. Eu levei oito meses para fazer esse trabalho, obviamente que muitos me atenderam e outros não, mas tive a oportunidade de deixar meu material e me aproximar de cada empresa. Hoje é muito legal, porque quando eu ando pela região praticamente todo mundo me conhece, e agora eu vou voltar a fazer este trabalho porque tem muita gente nova”. Ao final ela deixou um convite: “cada um de vocês deveriam fazer a mesma coisa, não venham para associação esperando que ela faça, pois ela sozinha não vai fazer nada, mas participem dos eventos e das feiras, vejam o que está acontecendo, conheçam novas pessoas e façam negócios. Para mim é uma receita de sucesso porque a Jet House deu uma guinada bastante considerável”.

Luiz Fracarolli, 2º Secretário da AESUL, e diretor da empresa Espetinho, disse que estava muito feliz porque 80% das pessoas que estavam no evento ele não conhecia. “A AESUL está trazendo pessoas novas para fazer crescer a associação. Eu vim aqui para fazer negócios, porque  quem não é visto não é lembrado, e eu vim para cá para ser visto, ser lembrado e fazer negócios, a associação é para isso. Esse encontro me deixa muito feliz, porque lá atrás a AESUL começou assim, num encontro com negócios, então não vai parar por aqui, nós vamos fazer outros encontros como este”, promete Luiz.

Responsável pela organização da MaiFest e Brooklinfest, dois eventos que chega a reunir mais de 200 mil pessoas no Brooklin, Ademar Távora, Presidente da AEMB – Associação dos Empreendedores e Moradores do Brooklis, que neste momento se encontra licenciado, disse que veio aprender com a AESUL como realizar eventos como o Churrasco com Negócios. “Isso que está acontecendo aqui é difícil de ver, talvez vocês não tenham se dado conta do tamanho do Churrasco de Negócios que vocês estão fazendo, pois numa quinta-feira reunir tantos empresários dispostos a sair de suas casas à noite para vir falar com outras pessoas e fazer negócios é muito importante. Eu tenho muito orgulho de estar aqui na AESUL e de participar como amigo, então eu vim aprender como é que se faz isso, porque a gente tenta fazer no Brooklin e não consegue. Parabéns!”.

Mario Knoller Júnior Vice Presidente da AESUL e proprietário da Knoller Advocacia, contou que chegou à entidade há pouco tempo, que ficou honrado com o convite do Edivan para assumir o posto e disse que não é fácil viver o dia a dia da entidade, mas é também muito prazeroso “porque nós fazemos muitos amigos na AESUL, além de negócios é claro. Meu escritório hoje, de 40 a 45% de cliente, são daqui de dentro. Temos que buscar isso na associação, eu fui atrás e é isso que cada um de vocês precisam ter em mente e como foco”.

A Conselheira Patricia Atui e diretora da Action Coach, fez um balanço do custo beneficio de investir na AESUL para fazer novos negócios. “Eu investi R$ 700,00 em um ano na associação e conquistei cerca de 30 clientes. Meu custo para aquisição de cada cliente foi de menos de R$ 30,00, então pela ótica do investimento eu fiz um excelente negócio, além de ter feito muitos amigos”.

Já Humberto Nunes da Excellente Global, disse que ao associar-se à AESUL não interagiu com as pessoas e chegou à conclusão que a associação não era um bom negócio, porém tudo mudou quando ele passou a se envolver e a se relacionar. “Quando eu participei da Expo AESUL tive uma visibilidade muito boa. Quando você se mostra e se abre para ter relacionamento às coisas acontecem. A associação dá uma credibilidade profissional aos seus integrantes”.

Juarez Amaro, Presidente do Conselho Deliberativo, e diretor da Esquadralum, relembrou que o modelo de encontro de negócios da noite começou em 2004 na Floraliz. “Foi o primeiro Aperitivo com Negócios dos associados, e eu entrei na AESUL depois de um aperitivo destes, que foi no Colégio Certus. Lá eu troquei cartão, achei interessante e estou aqui dentro da AESUL até hoje, recordou Juarez que deixou um conselho antes de encerrar: “associação não é você entrar e ficar olhando para as paredes e achar que vai fazer negócios, nós acabamos de ouvir inúmeros exemplos, então corram atrás”.

Edivan anunciou a presença do Vereador Antonio Goulart e pediu para que ele dissesse breves palavras aos presentes. “Quero agradecer a oportunidade de novamente me reunir com os amigos da AESUL, e dizer que para mim é sempre uma alegria renovada poder confraternizar com todos. Quero cumprimentar o Edivan por mais esta iniciativa e o Dario pela organização deste evento. A AESUL cada vez mais se fortalece na região, tivemos a oportunidade de participar da fundação desta entidade e hoje aqui é um momento de confraternização. Só quero dar um abraço e cumprimentar todos os nossos amigos, pois se não fossem vocês nós não teríamos essa representação política tão importante aqui na nossa região. Hoje nós temos um deputado estadual que é o Jorge Caruso que participa da AESUL e dois vereadores, eu o Ricardo Nunes, e certamente teremos muitos outros representantes importantes, pois nós também temos amigos da AESUL que participam da Subprefeitura de Santo Amaro, de Vila Mariana, Parelheiros e Capela do Socorro, isso é importante porque qualquer associado da AESUL terá sempre as portas abertas em qualquer subprefeitura ”,  falou Goulart  que finalizou com suas costumeiras saudações corintianas.

Antes de encerrar Edivan anunciou o lançamento da Revista AESUL. “Essa é uma grande conquista para mencionarmos tudo que acontece de problemas com os empresários, é um veículo de cobrança e também um meio de propaganda barato. Ela terá uma circulação de 10 mil exemplares auditados pela BDO. Essa também uma conquista de todos vocês”.

Deixe uma resposta

Ir para cima
Open chat
Powered by